12 MESES, 12 LIVROS

11:00

Resultado de imagem para tumblr pilha de livros

    Olá pessoal! Feliz ano-novo, que 2017 seja maravilhoso para todos nós, e que nós também sejamos pessoas melhores neste novo ano, ok! ;)

   Bom, o ano está começando, e cá estamos muitos de nós fazendo planos para este ano que se inicia, e eu não fico de fora. Sempre costumo fazer listas de coisas pelas quais pretendo correr atrás ao longo do ano.
   Este ano resolvi fazer algo que não me lembro de ter feito antes que é uma lista dos livros que pretendo ler este ano. Costumo ler muitos livros sempre, mas desta vez resolvi colocar no papel, 01 livro por mês, totalizando 12 livros no ano.
   
   Quero compartilhar minha lista aqui com vocês pelos seguintes motivos:

  1. Quero poder incentivar vocês a fazer algo parecido, não sei se já têm o hábito da leitura, mas se não tiverem, recomendo que adquiram, pois faz muito bem. Se não quiser se comprometer com um livro por mês assim logo de cara, ok, comece com 10, com 7, com 6, enfim, o importante é que você comece!
  2. Dividindo minha lista aqui com vocês eu estarei ainda mais comprometida em cumprir esta meta. Vocês vão me ajudar nisso ok! :D
  3. A cada livro que eu terminar quero voltar aqui e contar minhas impressões para vocês. Quem sabe assim você também fique com vontade de Lê-lo e conversamos mais a respeito?!

   Então vamos lá, deem uma olhada nos 12 livros que escolhi para este ano:

O LIVRO DA FILOSOFIA


   Tenho um certo interesse por esse tema, não sou uma completa entendedora, mas já que gosto do assunto vou tentar entender de verdade pelo menos o básico. Tenho outros livros desta série e eles me ajudam bastante, então acredito que esse aqui será mais um livro curinga da vida.

O livro da filosofia traz uma coleção de ideias fundamentais para um mergulho no pensamento filosófico. Engana-se quem pensa que por se tratar de uma compilação a abordagem é simplista e somente voltada a leigos: o livro é completo, instigante e oferece a leitores com diferentes perfis informação de qualidade em apresentação gráfica inovadora. Um verdadeiro convite ao exercício do pensar — o verdadeiro objetivo da filosofia”.


NATUREZA IRREAL OU FANTÁSTICA REALIDADE?


   Não sei se já contei, mas eu faço faculdade de Psicologia – inclusive, este é o último ano :D, mas então, eu gosto muito de psicologia analítica, ou seja, os conceitos difundidos por Carl Gustav Jung. Ganhei este livro de presente e ele aborda justamente a psicologia analítica, então, quero Lê-lo este ano.

“Este livro possibilita compreendermos e acompanharmos o processo de pesquisa cientifica realizada pela amiga e colega Lilian Wurzba, envolvendo o contexto da época, os conceitos teóricos da Psicologia Analítica de Carl Gustav Jung e a produção artística de um ser humano genial: Hieronymus Bosch, hipoteticamente sofrendo e debatendo com suas demandas anímicas e espirituais, onde a melancolia religiosa fica simbolicamente evidenciada, devido seu provável conflito piedoso diante das questões ordinárias, profanas e instintivas. Porém, como todo artista genial, ele conseguiu transformar todo sofrimento em arte e esta, por incluir a dimensão arquetípica do inconsciente coletivo, decompondo suas emoções, que são universais, em expressões criativas, possibilitando a eternização do seu trabalho, transcendendo tempo e espaço.”.


MULHERES QUE CORREM COM OS LOBOS


   Desde que comecei a prestar mais atenção no “ser mulher” tenho ouvido muito falar deste livro, inclusive tenho amigas que já leram e só falam bem dele. Com o momento que temos vivido em     que as mulheres estão buscando com mais sua essência, acredito que seja uma leitura muito interessante.


“Sensações de vazio, fadiga, medo, depressão, fragilidade, bloqueio e falta de criatividade são sintomas cada vez mais freqüentes entre as mulheres modernas, assoberbadas com o acúmulo de funções na família e na vida profissional. Esse problema, no entanto, não é recente, acredita a psicóloga junguiana Clarissa Pinkola Estés. Ele veio junto com o desenvolvimento de uma cultura que transformou a mulher numa espécie de animal doméstico.Através da interpretação de 19 lendas e histórias antigas, entre elas as de Barba-Azul, Patinho Feio, Sapatinhos Vermelhos e La Llorona, a autora identifica o arquétipo da Mulher Selvagem ou a essência da alma feminina, sua psique instintiva mais profunda. E propõe o resgate desse passado longínquo, como forma de atingir a verdadeira libertação.Técnicas da psicologia junguiana e algumas formas de expressão artísticas ligadas ao corpo podem ajudar na tarefa, mas a compreensão da natureza dessa mulher selvagem, com todas as características de uma loba, é uma prática para ser exercida ao longo de toda a vida.”


O ORFANATO DA SRTª. PEREGRINE PARA CRIANÇAS PECULIARES

   Pela sinopse achei a ideia do livro muito interessante – aliás, não é apenas um livro, é uma série! E agora tem o filme baseado na história então quero ler logo antes de ir ver o filme (é, sou dessas que compara o livro com o filme, nunca dá muito certo, mas...).

“Eleito uma das 100 obras mais importantes da literatura jovem de todos os tempos, O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares, é um romance que mistura ficção e fotografia. A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo - por mais impossível que possa parecer - ainda podem estar vivas.”


ORANGE IS THE NEW BLACK


   Quem é chegado em series com certeza conhece essa história. Acontece que o que a gente costuma ver na Netflix não é bem a verdade total dos fatos, então antes que a próxima temporada comece pretendo ler o livro para me inteirar da história por traz da história.

“Quando era jovem, tudo o que Piper Kerman queria era viver novas experiências, conhecer pessoas diferentes e descobrir o que fazer com o diploma recém-adquirido da prestigiosa Smith College. Anos depois, com um bom emprego e prestes a se casar, ela recebe uma visita inesperada: a polícia. Piper estava sendo intimada para responder por envolvimento com o tráfico internacional de drogas.A acusação era verdadeira: recém-formada, Piper teve um caso com uma traficante glamorosa que a convenceu a levar uma maleta de dinheiro para a Europa. Sua aventura pelo submundo do crime voltou à tona no dia em que a polícia bateu à porta dela. Depois de uma dolorosa odisseia pelo sistema judiciário americano, Piper é condenada a quinze meses de detenção numa penitenciária feminina no meio do nada — longe dos amigos, da família e de tudo o que ela conhecia.Em 'Orange Is the New Black', Piper apresenta casos curiosos, perturbadores, comoventes e divertidos do dia a dia no presídio. Cercada de criminosas, logo percebe que aquelas mulheres são muito mais complexas do que ela imaginava. Ao mesmo tempo que aprende a conviver com regras arbitrárias e um rigoroso código de conduta, Piper revela as alegrias e angústias das presidiárias e analisa a crueldade com que o sistema carcerário as desumaniza e faz com que sejam invisíveis ao mundo exterior.”


SÉRIE ILHA – NAUFRAGIO, SOBREVIVÊNCIA e FUGA


   Naufrágio, Sobrevivência e Fuga são três livros que fazem parte de uma série que eu já li quando era pré-adolescente (é, rsrsrs faz um tempinho), lembro por alto da história e lembro que na época gostei bastante. Agora quero relê-los e ver se vale a pena manter no acervo, ou se já está na hora de partirem para um novo dono.

“Seis adolescentes, cada qual com suas características próprias e personalidades marcantes, são inscritos, contra a vontade, em um programa chamado TNR - Traçando Novo Rumo - pelos mais variados motivos. A bordo do Phoenix, irão viver as mais inusitadas aventuras, pois, em meio ao Pacífico, um terrível acidente mudará de vez o curso de suas vidas. Agora é uma questão de sobrevivência!
No segundo livro, os sobreviventes de 'Naufrágio' enfrentam os mais difíceis problemas e obstáculos enquanto tentam encontrar meios de sobreviver em uma ilha aparentemente deserta, para a qual foram levados pela correnteza marítima após terríveis acontecimentos. Surpreendentes descobertas agitarão ainda mais a vida dos corajosos garotos... Agora, voltar para casa não é o único objetivo a ser alcançado. O autor apresenta diversas técnicas de sobrevivência em lugares onde a civilização não passa de uma remota lembrança. Os sobreviventes, mais uma vez, são obrigados a ignorar as diferenças e trabalhar em equipe.
No terceiro livro da série, seis adolescentes permanecem longe da família, dos amigos e da civilização há semanas. Confinados em uma minúscula ilha do Pacífico. Aterrorizados pela frequente presença de perigosos contrabandistas de animais. Ameaçados por uma bomba atômica... Como se isso não bastasse, um dos garotos, Will Greenfield, encontra-se gravemente ferido e precisa de socorro imediato para sobreviver. Luke, J. J., Lyssa, Charla e Ian não sabem o que fazer para sair dessa cruel situação. Eles estão vivendo um dilema constante: para serem socorrido, têm de chamar a atenção de algum navio ou avião... Mas como fazer isso sem que os contrabandistas notem a presença dos náufragos na ilha?Gordon Korman leva o leitor a momentos de pura tensão. Agora, o conhecimento não será o mais importante: a amizade e, sobretudo, a coragem podem definir o futuro de todos.”

O CRIME DO PADRE AMARO


   Acredito que a maioria já tenha pelo menos ouvido falar desta belezura, afinal, trata-se de um clássico. Eu já li há um tempo atrás O Primo Basilio, do mesmo autor e fiquei apaixonada!!! Pensa em uma história boa!

   Já tentei ler outra vez e não consegui, mas nunca tirei a história da cabeça, então agora vai, agora eu leio até o fim!

“O Crime do Padre Amaro foi um dos primeiros romances de Eça de Queiroz. Trata-se de uma obra polêmica, que causou protestos da Igreja Católica. Em meio ao deveres de pároco, Padre Amaro se deixa levar por uma paixão. Passa a se encontrar com a jovem Amélia, que acaba ficando grávida. Ao saber de sua gravidez, o padre tenta lhe arranjar um casamento. Amélia e o bebê morrem, restando apenas para ele o esquecimento, a preocupação com o desrespeito e a insolência dos anticlericais. Enquanto a trágica história de amor se desenvolve, personagens secundários travam instigantes debates sobre o papel da fé. Esta obra é mais um documento humano e social do país e da sua época escrito com maestria. É também a primeira realização artística do realismo português.”


O MUNDO DE SOFIA

   Como disse, gosto um pouco de filosofia e este livro é sempre muito bem falado quando se trata da introdução ao tema. Parece ter leitura fácil e por este motivo tem atraído leitores do mundo todo.

“Às vésperas de seu aniversário de quinze anos, Sofia Amundsen começa a receber bilhetes e cartões-postais bastante estranhos. Os bilhetes são anônimos e perguntam a Sofia quem é ela e de onde vem o mundo. Os postais são enviados do Líbano, por um major desconhecido, para uma certa Hilde Moller Knag, garota a quem Sofia também não conhece.O mistério dos bilhetes e dos postais é o ponto de partida deste romance fascinante, que vem conquistando milhões de leitores em todos os países e já vendeu mais de 1 milhão de exemplares só no Brasil. De capítulo em capítulo, de “lição” em “lição”, o leitor é convidado a percorrer toda a história da filosofia ocidental, ao mesmo tempo que se vê envolvido por um thriller que toma um rumo surpreendente.”


MULHERES, MITOS E DEUSAS – O FEMININO ATRAVÉS DOS TEMPOS

   Quero ler este livro pelos mesmos motivos que citei para o livro Mulheres que correm com os lobos, a temática é semelhante pelo que pude perceber, então estou bem empolgada para esta leitura.

“Através de uma viagem pela história, pela literatura e pela mitologia, Mulheres, Mitos e Deusas revela desenganos e conquistas de personagens célebres, reais ou do imaginário, que nos falam da perene condição feminina. Ao tomar contato com a história e os dilemas vividos por Eva, Hera, Cleópatra, Cinderela, Catarina de Medici, Teresa de Ávila e Simone de Beauvoir, entre tantas outras, somos convidados a entender melhor nosso tempo e nossos próprios dilemas, Cada capítulo espelha uma face diferente da identidade feminina: deusas, sábias, fadas, rainhas, santas, artistas e demais mulheres cujas trajetórias mostram de forma dramática não apenas a marginalização dos valores primordiais femininos, mas sua resistência frente às imposições da moral patriarcal.”

   Agora que vocês já estão familiarizados com minha lista, me acompanhem, a ideia é ler todos os 12 livros durante o ano, então pode ser que não seja exatamente um por mês e também não pretendo seguir a ordem que descrevi acima, pois alguns inclusive ainda preciso comprar – ou ganhar de presente (alô Mulheres que correm com os lobos), mas conforme for lendo, vou voltando aqui para contar para vocês como foi. Estamos combinados? Claro que estamos! :D

   E você, fez lista de planos para este ano? Gosta de ler? Que tipo de livro vocês gostam de ler?Fez planos de leitura para 2017?

   Até a próxima pessoal!

Postagens sugeridas

4 Comentários

  1. Meu gosto pra livros é bem diferente do seu! Mas amei a meta de ler 12 livros, acho que é uma boa média e uma ótima estimativa pro ano :3
    Não sou muito ligada em filosofia, então nesse ano um que quero muito ler é Quatro vidas de um cachorro, pra poder assistir o filme x)

    Beijosss
    http://tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Raquel, também estou doida com esse livro! Espero que consiga ler ele também além desses que citei na lista, ouvi dizer que é uma história muito bonita e também quero ver o filme :D

      Excluir
  2. Caramba, que lista massa! Eu não tinha pensado numa meta de livros pra ler no ano ainda, mas depois de ver sua lista eu fiquei querendo fazer uma pra mim. Pra mim é difícil cumprir a lista dos "livros que quero ler" porque muitas vezes envolve os livros que quero ~ter~ e nem sempre a carteira ajuda, mas super me interessei pelos seus títulos. Também tô doida pra ler Srta. Peregrine e Mulheres que correm com lobos e acho que eu ia AMAR esse último título, fiquei querendo folear, pelo menos xD

    Um beijo!
    Heeey, Maria! | Fanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ray, duas dicas:
      - Procure lugares onde possa comprar livros usados com um preço menor (sebos, Estante Virtual), ou até mesmo os novos com um preço mais amigo (sempre olho no Buscapé);
      - Procure pela internet se o livro que te interessa não está disponível para download. Este último que vc citou, por exempli (Mulheres, mitos e deusas) eu tenho em PDF, e foi baixado gratuitamente na internet. Caso você não se incomode em ler pela tela do computador, celular ou tablet, vale súper a pena!

      Excluir

POSTAGENS POPULARES

FACEBOOK

Subscribe