CAMPANHA: #EmMemóriaDelas nas redes

09:40


   No último final de semana nós assistimos a um milagre, sim! Políticos trabalhando por livre e espontânea vontade até horas da noite em prol do impeachment da presidente Dilma Rousseff. Dilma, como a primeira presidente mulher do Brasil, foi encurralada por uma massa de políticos que alegam que ela tenha sido condizente com a corrupção, e teve envolvimento em casos que ficaram bastante populares nos últimos meses graças à mídia, além de não ter contribuído para as investigações...

  Muitos optaram por torcer contra a votação e muitos a favor, os que são a favor fizeram o mesmo escarcéu que nas manifestações do "Fora Dilma", aquelas que teve panelaço na varanda do apartamento confortável com segurança (enquanto muitos passam fome do outro lado da cidade), aquelas pessoas que ligaram e desligaram a luz da casa como forma de protesto (enquanto muito nem direito a isso tem), aqueles que foram as ruas aos domingos, porque protestar durante a semana é coisa de vagabundo (não adianta protestar sem parar o país), pedir o impeachment pois estão cansados de tanta corrupção (ninguém aguenta, ninguém quer, mas inventaram dois lados)... E aqueles que soltaram fogos de artificio após a votação (futebol ou política? "Futepolítica") e temos também aqueles que bateram em qualquer pessoa, criança, mulher, homem que usasse camiseta vermelha nos dias de protesto, aqueles mesmo que se dizem "de bem" a favor da família tradicional brasileira (que família mesmo?!), aqueles que foram alvo das críticas porque levaram a babá para cuidar das crianças durante o protesto (protesto de quem?!), aqueles mesmos que fizeram a dancinha do "Fora Dilma" (porque bom mesmo é dançar, quebrar vidraça de banco que fatura milhões não é válido e é coisa de marginal)...

   Nesse passe e impasse e euforia nós tivemos Jean cuspindo na cara de um, Jair Bolsonaro cagando pela boca (como sempre), Cunha pensando estar em Game Of Thrones sexta temporada e uma "renca" que soma na bancada evangélica de um país que deveria ser laico. Eles querem tirar Dilma, alegando a incapacidade de governo dela, encurralando ela e fazendo-a de Judas em meio ao povo que ela governa pela segunda vez. O triste disso tudo é que a maioria dos votos nas eleições está sendo ignorada completamente por uma corja de pessoas que estão envolvidas nos escândalos de corrupção. Mas, segundo dizem: "Corrupto, mas está do nosso lado!", o tira um pra colocar o pior tá rendendo debate desde as eleições, que dizem ter sido manipulada, já que é conveniente acreditar em contos de fadas, estamos agora nas mãos de malfeitores.

   Jair Bolsonaro (o não tão queridinho das pessoas que possuem cérebro), o famoso deputado "Bolsomito" que de mito não tem nada, discursou e foi aplaudido por sua corja e por aqueles que acreditam em sua índole (muito questionável, obviamente). Em seu discurso em nome de deus, que não é o meu, da família que não é a minha e de Carlos Alberto Brilhante Ustra que não me representa em nada, ele fez total apologia as torturas aplicadas pelo coronel que foi o primeiro militar brasileiro que respondeu processo por tortura na ditadura militar, além claro do golpe militar, segundo fontes, o próprio torturador de Dilma Rousseff. Em protesto a isso a página  "As Mina na História" lançaram uma campanha #EmMemóriaDelas, apresentando na descrição a bio de mulheres que foram torturadas durante a ditadura por militares como Carlos Alberto, nas fotos dessas mulheres que usaremos como foto de perfil nas redes.

"Não importa o seu partido, nem se você é a favor ou contra o impeachment. 
Não podemos permitir que um estuprador seja citado como herói".
— Página As Mina na História.

   Acesse a página facebook.com/asminasnahistoria, escolha a imagem e coloque no seu perfil, copie e cole a descrição para informar aos contatos a respeito dessa campanha e a respeito da mulher em questão. 

  Devo lembrar que toda forma de protesto deve ser bem vinda, independente de onde está sendo realizada. As campanhas nas redes tem sido de grande utilidade, pois tem levado informação (que é o principal intuito da internet) e tem dado força aos movimentos diversos que estão nas ruas lutando por dias melhores. Então, não vamos desvalorizar a informação de utilidade pública compartilhada das redes. Leia, releia, veja se condiz com tuas ideias e bora fazer parte!  Além das campanhas, temos petições diversas rolando nas redes que podem ser assinadas rapidamente, basta se informar!

    Nós temos uma bancada totalmente conservadora, que não aceita a diversidade, que tem feito discursos de ódio atrás de discursos de ódio, que tem exaltado sua fé antes das necessidades da nossa sociedade e que tem excluído pessoas de outras etnias, de outras sexualidades, gêneros e afins, que tem excluído outras crenças e que tem pregado o desamor, dia a pós dia; a mesma que tem ignorado direitos! Essa mesma bancada é aquela que a grande massa de membros é citada em polêmicas de corrupção, lavagem de dinheiro e derivados, que vangloria personalidades que fizeram parte de um golpe e ditadura militar que torturou e matou pessoas, e que ganha força graças a desinformação. Todas as nossas conquistas serão jogadas no ralo! Essa bancada não me representa em nada, não vai ter golpe!

Postagens sugeridas

2 Comentários

  1. Gostei muito do seu post! Bem reflexivo, informativo, já estou indo ver a página no face! Parabéns pelo post! E essa bancada também não me representa!

    www.tastyle.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Seja bem vinda! ^^
      Fico feliz que tenha gostado, é muito bom ter esse retorno positivo! Obg pela visita! <3

      Excluir

POSTAGENS POPULARES

FACEBOOK

Subscribe